segunda-feira, 19 de abril de 2010

nascer

por Cristina Thomé

O anjo recém-nascido dança na sala da manhã. Grande já, ele nasceu. Na janela, o mar dança com o anjo que dança na sala da manhã.

Ele nasceu para me ver. Agachada, quietinha, choro baixo. Meus olhos acompanham o anjo da manhã na sala de maresia.

Um comentário:

Neuzza Pinhero disse...

a gente se esconde
temendo que tudo
se desfaça

bj, Cris!